03 junho 2016

Amizade também pode ser abusiva

Sim, amizades abusivas existem, do mesmo jeito que relacionamentos. E elas podem ser tão difíceis de lidar quanto um relacionamento. Uma amizade abusiva é uma amizade danosa, que faz mais mal do que bem, mas que muitas vezes a pessoa não percebe que está sendo vítima de algo desse tipo. Um exemplo de amizade abusiva é quando o "amigo" te faz se sentir culpado por coisas que você não tem absolutamente culpa nenhuma, como por exemplo: você não fez tal favor pra ele e então esse '"amigo" te faz se sentir culpado por não ter agido como ele quis. Outro exemplo é ele te fazer se sentir culpado pelos erros deles, é uma tática clássica que abusadores usam. Um exemplo bastante comum, é quando esse "amigo" te faz se sentir mal consigo mesmo, em vez de aumentar sua auto-estima, ele só piora, muitas vezes fazendo uso de brincadeiras para te depreciar, mas sabendo que aquilo te magoa.

 Eu já passei por uma amizade bastante abusiva, e que se tornou uma das razões pelas quais desenvolvi sérios problemas de confiança nas pessoas e de auto-estima. E só agora, depois de anos, é que percebi que estive numa amizade abusiva. O pior de estar numa amizade (ou relacionamento) abusivo é que você se sente presa e muitas vezes não nota que está em algo danoso, pois, ao mesmo tempo que essa pessoa te faz mal, ela também te faz bem, então é uma situação bem complicada. Então, o melhor a se fazer é tomar cuidado com as amizades e os relacionamentos e se perguntar: essa amizade/relacionamento me faz mais mal do que bem? essa amizade faz bem para minha saúde mental? essa amizade fortalece minha auto-estima ou acaba com ela? Se você responde sim para essas perguntas, você está numa amizade/relacionamento abusivo e precisa de ajuda. Não se acanhe em pedir ajuda, a culpa NÃO é sua, a culpa é só e somente do abusador.
Foto: tirada por mim, em São Paulo

4 comentários:

  1. Texto importante, Raquel. Um dia desses, estava conversando com um amigo sobre esse tema. É difícil lidar e reconhecer esses tipos de abusos, afinal, nós consideramos a pessoa como um amigo. São coisas tão sutis que passam despercebidas. Por isso tento ao máximo me cercar de pessoas com algo bom a adicionar e também me esforço para ser uma boa amiga. Somos seres humanos e falhamos, mas manter relações danosas é bastante prejudicial. Ótima reflexão!

    ResponderExcluir
  2. Muito bem,Raquel, vejo com orgulho que você está amadurecendo cada vez mais e se tornando uma pessoa sensível e com os olhos voltados pra sua alma,mas também se preocupando com os outros e procurando tirar ensinamentos das suas vivências mais dolorosas!Parabéns! Bjo. Graça Santa Rosa

    ResponderExcluir
  3. Muito bem,Raquel, vejo com orgulho que você está amadurecendo cada vez mais e se tornando uma pessoa sensível e com os olhos voltados pra sua alma,mas também se preocupando com os outros e procurando tirar ensinamentos das suas vivências mais dolorosas!Parabéns! Bjo. Graça Santa Rosa

    ResponderExcluir

© Pequenos Devaneios - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo