25 setembro 2016

A mulher que não desistiu de seus ideais

Aquarius é um filme único. Um filme raro. Um filme difícil de descrever pois faltam palavras pra descrever um filme tão excepcional. Não, eu não estou exagerando. O filme é uma preciosidade do cinema nacional e ele deveria ter sido o eleito pra ser o representante do Brasil no Oscar, mas por questões políticas, ele sofreu retaliações, quem quiser ler mais sobre isso clica aqui. Bom, voltando ao filme. O filme trata de questões que são poucos discutidas no cinema, principalmente o cinema nacional. Ele retrata com maestria a questão (é o tema central do filme) das grandes construtoras e como elas fazem de tudo para conseguirem o que querem: lucrar. Mas, o filme não trata só disso, ele fala também de um tema bastante delicado que é o câncer de mama. No filme podemos ver como Clara, apesar de ser uma mulher extremamente forte, tem algo que a incomoda, que é o fato dela não ter um seio. Mas, isso a torna mais forte ainda.

A atuação da Sonia Braga está espetacular, esta mulher é incrível em qualquer papel que faz e nesse ela não deixou por menos, nas cenas em que ela se exalta com a construtora ela está deslumbrante. As cenas em que é retratada as consequências que o câncer de mama deixou nela, ela está divina e, podemos sentir a dor que ela sente. Clara é muito fiel a seus ideais e isso é bem presente no filme, ela não desiste da ideia de que não vai sair do prédio onde criou seus filhos, onde viveu grande parte de sua vida. Uma pessoa deveria ter o direito de escolher onde quer morar, e não ter que ser obrigada a se mudar porque uma construtora, o atual grande símbolo do capitalismo, quer ganhar mais dinheiro. Kléber Mendonça Filho é bem perspicaz ao retratar Recife, sendo recifense ele tem um olhar de dentro e ele retrata fielmente a cidade. É muito bom ver um filme e se sentir representada. É um filme excelente em todos os aspectos, um filme que merece ser visto e revisto de tão bom que é. 

20 setembro 2016

As melhores makes e cabelos do Emmy 2016

O Emmy ocorreu domingo, dia 18 e teve várias maquiagens e cabelos de arrasar. Segue abaixo as fotos das melhores makes e cabelos que eu achei:
A Kerry Washington maravilhosa com seu cabelo natural

Amei o lápis de olho colorido, de cor roxa rente aos olhos, deu outra cara a maquiagem. A Olivia Culpo está linda. Ela optou por um coque.
A Emily Ratajkowski arrasou! O maquiador (Hung Vanngo) repaginou o clássico gatinho e deu um toque colorido com um gatinho azul e deixou a maquiagem deslumbrante. Está lindo! E ela escolheu o cabelo preso.
A maquiagem  da Joanne Froggatt com tons dourado ficou linda nela e o cabelo ondulado completou num look de arrasar.

A Taraji P. Henson ficou linda com essa maquiagem bem natural e com tons de cobre, ta bem "I woke up like this" e o cabelo no estilo molhado está bem sexy, eu amei muuuito.

A Laverne Cox sempre arrasa, né? Esse cabelo de sereia está um espetáculo. E essa maquiagem cobre (mais uma vez o cobre) com o amarelo, realçou ainda mais a beleza dela. O batom metálico complementa o look.

  
A Viola Davis como sempre linda, está deslumbrante com essa maquiagem prateada e esse batom rosa lindo 
                                               
A Constance Wu arrasou com essa maquiagem preta com azul-marinho, destacou os olhos dela. 
A Sarah Hyland optou por uma maquiagem perolada e um batom nude.

 
A Tatiana Maslany está divina com essa sombra cobre e esse batom mude. E ela optou pelo cabelo preso, um coque. 

10 setembro 2016

Precisamos falar sobre suicídio

Hoje é o dia mundial de prevenção ao suicídio, e esse dia é mais que necessário. A cada quarenta segundos uma pessoa se mata. Só no brasil 25 pessoas se matam por dia. São dados alarmantes e que nos fazem pensar. Mas, infelizmente o suicídio é visto como tabu e essa é uma das razões para o número de suicídios ser tão grande. Cerca de um milhão de pessoas se matam por ano! O fato de muitas pessoas só pensarem em si, aumenta o número de casos de suicídios. É preciso que os indivíduos pensem mais nos outros e não só em si. Um ato importante e que pode diminuir drasticamente o número de pessoas que se matam, é a prevenção. Cerca de 90% das pessoas que tiram a própria vida, dão sinal que vão fazê-lo. Então, é preciso estar atento aos sinais. É preciso levar a sério quando alguém diz que quer morrer, pois ela pode acabar pondo um fim a sua própria vida e aí vai ser tarde demais para fazer qualquer coisa. Para o suicídio sair da lista de tabus, é preciso que se fale desse assunto. O suicídio é um assunto pouquíssimo discutido no dia-a-dia, o que contribui para que pessoas com ideias suicidas não desabafem, já que muitas vezes quando esse tópico é falado é tratado de uma maneira negativa. A gente pode mudar o fato de pessoas se matarem, porque cada pessoa que se matou, tinha conhecidos, amigos, familiares... É preciso também ter mais compaixão com os sobreviventes de suicídio, os que tentaram e (felizmente) não conseguiram. É preciso se preocupar mais com o outro, e fazer perguntas simples como "está tudo bem?" e está preparado para ouvir um "não, não está" e está disposta a ajudar.

     Os suicidas muitas vezes são tratados como perdedores, que não aguentaram viver, quando na verdade, eles aguentaram muito mais do que qualquer pessoa normal aguentaria. É muito fácil julgar o outro quando a gente não entende. Em 90% dos casos de suicídio, há um transtorno mental associado. Poucas pessoas no mundo sabem o que é viver com um transtorno mental, imagine o que é estar constantemente vivendo entre a loucura e sanidade, entre o abismo de sucumbir na doença e no desejo de viver. É algo bem difícil e só quem possui essa enfermidade entende, então não chame de perdedor alguém que luta todo dia contra uma doença que muitas vezes se torna maior do que ele. Sem falar que existem fatores externos, muitas pessoas passam por situações dificílimas como bullying, perdas, abusos etc. É preciso, antes de tudo, entender o outro. Espero que nesse dia mundial de prevenção do suicídio todos os cidadãos estejam mais conscientes em relação a esse assunto. Se precisarem de assunto ou tiverem alguma dúvida vão a esse site eles tem um chat e um telefone (que é 24 horas) com voluntários treinados para ajudar quem estiver com ideias suicidas. 
Dados: Revista Psique Ano IV Número 38

© Pequenos Devaneios - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo