23 outubro 2016

As raízes do feminicídio

O feminicídio (assassinato de uma mulher simplesmente por ela ser mulher) da jovem Lucia chocou a Argentina inteira e está chocando toda a América Latina. A jovem foi drogada, estuprada até a morte e empalada.  Este crime mostra como a violência contra a mulher ainda persiste. Mas, de onde vem toda essa violência? Do machismo. E o machismo vem de algo muito antigo: o patriarcalismo. O patriarcalismo tem como definição ideológica a supremacia do homem nas relações sociais. Esse modelo infelizmente persiste até hoje e é o que causa o machismo e as violências de gênero. O machismo mata, viola, denigre a imagem da mulher. E é preciso por um fim a esse sistema.


Mas, não pense que o machismo diário não alimenta essa atitude brutal.  Alimenta sim e muito. Cada agressão, cada beijo forçado, cada cantada na rua, cada "piada" misógina, tudo isso contribui com a cultura machista que alimenta o feminicídio. E os dados são preocupantes, só no Brasil a taxa é de 4,8 para cada 100 mil mulheres, a quinta maior do mundo segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). E o que podemos fazer para mudar isso? Simplesmente respeitando as mulheres e tratando-as como seres humanos! Alguns homens desumanizam as mulheres e a tratam de forma grosseira. É preciso que todos, homens e mulheres, se unam para que o feminicídio, acabe. Nem uma mulher mais morta. Nem uma mulher mais estuprada. Nem uma mulher perseguida. Nem uma mulher mais violentada de todas as formas possíveis. Nem uma a menos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Pequenos Devaneios - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo